Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Melhores amigos, melhores inimigos!

por Bruno Ferreira, em 23.05.10

 

Hoje apeteceu-me de vir aqui falar um bocado de Wrestling. Muito bem, neste negócio, nesta arte, já assistimos a rivalidades, umas boas, outras menos boas. Mas venho falar aqui de uma em particular, que me chamou atenção e na minha opinião, foi a melhor rivalidade de sempre. Triple H e Shawn Michaels, nomes nada estranhos para quem é adepto deste deporto. Os dois, construíram a dupla de rebeldes da WWE, claro falo dos DX. Fizeram um enorme sucesso, ao quebrar as regras, e a espalhar o caos. Mas no ano de 2002, tudo viria a mudar. A ganância e inveja de Triple H fizeram com que este virasse as costas ao seu melhor amigo, e começasse uma guerra com o mesmo. Triple H e Shawn Michaels travaram batalhas potentes, sangue, suor e lágrimas foram derramadas, os dois melhores amigos tinham se tornado nos melhores inimigos. E como tudo tem que acabar, a rivalidade dos dois terminou no Bad Blood de 2004, num combate que é aclamado por muito como o recreio do Diabo, o combate Hell In a Cell. Triple H saiu por cima, mas ficara ali a marca de dois guerreiros, que para trás tinham deixado uma marca devastadora, na história da WWE. Mais tarde em 2006 viriam a reconciliar-se, mas isso não é para aqui chamado. mas como um vídeo é sempre melhor do que ser eu a explicar a história toda, aqui fica um resumo da rivalidade entre "The Game" Triple H e o "Heart Break Kid" Shawn Michaels, uma rivalidade para recordar e recordar.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Está a gravar!

por Bruno Ferreira, em 20.05.10

 

Caguem se o vídeo ficou bem ou mal, caguem na vossa próprio opinião contraditória ao que eu estou a escrever. Só estou a fazer este post por poucas razões. Uma delas é que estou a experimentar como ficam os vídeos do meu telemóvel hospedados na minha conta da Sapo e devo dizer que fiquei deverás satisfeito, qualidade razoável, atrevo-me a dizer óptima :D. Outra razão, foi pelo facto de hoje estar contente e vir aqui partilhar com vocês a minha felicidade, após a minha subida repentina na matéria acerca do programa Flash, passei uma óptima tarde com ela. Vá, já chega de conversa, fiquem lá aqui com o vídeo. E já agora, se quiserem, passem pela minha página no Olhares, e vejam os meus dotes na fotografia, para isso, basta clicarem aqui.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Ciências da confusão!

por Bruno Ferreira, em 17.05.10

 

Amanhã tenho teste à disciplina de Ciências da Comunicação, e confesso-vos, não sei nada! Isto deve-se ao facto de a matéria se ter acumulado de uma certa forma, que agora não tenho mãos a medir para tanta coisa, e certamente vou tirar uma negativa daquelas enormes no teste, sinto-me abalado com esta situação, tanto que nem sei se vou entrar na sala para fazer o teste se é que me faço entender, desculpem se vos estou a chatear, mas tenho as folhas da matéria à minha frente, mas mesmo assim, deu-me vontade de vir aqui dar-vos uma palavrinha. A situação está preta meus amigos, sou o bode expiratório, penso que esta minha jornada de 12 anos, chegou ao topo da montanha, agora é sempre a descer.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Treinar como Jezus treinou!

por Bruno Ferreira, em 16.05.10

Mais uma excelente crónica de Ricardo Araújo Pereira, que resolvi colocar aqui:

 

"Que aborrecida, esta persistente exploração, normalmente com fins humorísticos, da coincidência onomástica entre o treinador do Benfica e o Messias. Deus me livre de incorrer nessa facilidade preguiçosa. Além do mais, a comparação de Jorge Jesus com Jesus Cristo é completamente descabida, tendo em conta a dimensão de um e de outro: que importância tem uma mensagem de amor, bondade e perdão quando cotejada com a capacidade de vencer um campeonato com quase 80 golos marcados? Quase nenhuma, por muito que a bondade, o amor e o perdão tenham vindo a ser sobrevalorizados ao longo dos tempos - por oposição à concretização abundante de golos, que teólogos de todos os tempos e lugares sistematicamente menosprezaram. Não admira, por isso, que tanta gente tenha ido para a rua celebrar os feitos do Jesus actual e tão pouca esteja, ao que parece, interessada em louvar os daquele outro Jesus, agora menos popular.

 

Dito isto, a notícia segundo a qual uma empresa de trabalho temporário estava a recrutar pessoas para, durante a visita de Bento XVI a Portugal, apoiarem o Papa, deve ser recebida sem grande surpresa. A empresa procurava candidatos com, e cito, "muito boa apresentação, gosto de contacto com o público, dinamismo, responsabilidade e resistência física", ou seja, precisamente as características dos apoiantes de Jorge Jesus: todos eles tinham muito boa apresentação, até por envergarem lindas camisolas vermelhas; todos gostavam de contacto com o público, uma vez que estiveram a contactar uns com os outros até de madrugada; todos eram dinâmicos, responsáveis e fisicamente resistentes, porque só se consegue festejar daquela forma com dinamismo, responsabilidade e resistência física, sobretudo no fígado.

 

O trabalho era pago pela empresa a três euros e meio à hora, o que renderia a cada apoiante cerca de 20 euros - ou seja, mais ou menos o valor que cada um dos fiéis do outro Jesus gastou em cerveja uns dias antes, só na primeira meia hora de festejos. Mais surpreendente é a perspectiva que a empresa de recrutamento tem sobre o acto de apoiar o Papa. É curioso que o apoio à ideia de vida eterna constitua trabalho temporário. Não existe, na legislação laboral, o conceito de trabalho eterno - por muito que, em alguns empregos, o dia pareça durar uma eternidade. Mas é pena. Para trabalho igual, salário igual - diz um slogan. Para apoio à eternidade, pagamento eterno - deveria dizer outro estribilho do sindicalismo apostólico. Enquanto a inovação sindical não chega, deve registar-se a inovação semântica: "temporal" sempre foi antónimo de "sagrado". Mas a palavra "temporário" está cada vez mais benta."

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mantém-te original!

por Bruno Ferreira, em 13.05.10

 

Um dia, o mais provável é tornares-te num chato, deixares de sair à noite e começares a levar-te demasiado a sério. Nesse dia, vais começar a vestir cinzento e bege, pedir para baixar o volume da música e deixar a tua guitarra a apanhar pó. Vais tornar-te politicamente correcto, socialmente evoluído, economicamente consciente. Vais achar que tens de ir para onde toda a gente vai e assumir que tens de usar fato e gravata todos os dias. Nesse dia, vais deixar de beijar em público, as tuas viagens são mais vezes no sofá e dormirás menos ao relento.

É oficial. Vais entrar na idade do chinelo e deixar de ser quem foste até então. Vais deixar de te sentar ao colo dos amigos e vais esquecer-te de como se faz um quantos-queres ou um barco de papel. Vais ficar nervosinho se não trocares de carro de quatro em quatro anos e desatinar se o hotel onde estiveres não te der toalhas para o teu macio e hidratado rosto. Vais tornar-te muito crescido e começar a preocupar-te com tudo e com nada e não fazer nada porque "vai-se andando" e a vida é mesmo assim.

Vais dizer não mais vezes, vais ter mais medo, vais achar que não podes, que não deves, que tens vergonha. Vais ser mais triste. Nesse dia, o mais provável é que também deixes de beber refrigerantes.

Aqui fica uma ideia: quando esse dia chegar, não lhe fales.

Mantém-te original (;

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mas afinal, o que são gunas?

por Bruno Ferreira, em 13.05.10

Eu sei que estou a criar muitos posts, mas isto deve-se ao facto de amanhã não ter aulas devido ao encerramento da escola ser uma condicionante da vinda do Papa ao Porto. Mas pronto, esta foto aqui em cima representa os gunas, sem tirar nem por. Não me interessa se a foto ficou bem ou mal, apenas vos quero mostrar um lado negro da sociedade e já agora ouçam a música do vídeo em baixo representada!

 


Obs: Claro que, nem eu nem ela, agimos de tal maneira no nosso dia-a-dia, somos apenas pessoas civilizadas ; )

Autoria e outros dados (tags, etc)


Do Alvim para o Bruno!

por Bruno Ferreira, em 13.05.10

Hoje concretizei um sonho (not). No ISLA, uma universidade aqui no Porto, decorreu uma palestra, em que o convidado foi, nada mais nada menos, que Fernando Alvim, este senhor não requer qualquer tipo de apresentações, só vos tenho a dizer que consegui um autógrafo do mesmo, ah pois é! Bem, a palestra o que teve de melhor foi uns gelados que ofereceram durante todo o dia, vá lá que quando lá cheguei ainda fui a tempo de comer um, moral da conversa, o homem deu-me uma edição da sua nova revista, que agora é grátis, cliquem aqui para aceder ao site da mesma, e vim de lá com um autógrafo, afinal, quem é o rei aqui? :p Fiquem bem pessoal ; )

 

P.S. Sim, eu também fiquei parvo com os autógrafos do homem!

Autoria e outros dados (tags, etc)


The Book Of Eli!

por Bruno Ferreira, em 09.05.10

 

Hoje foi um dia em grande, o meu Benfica sagra-se campeão nacional como já disse aqui, e hoje fui ao cinema ver um grande filme com a ela ( :D ). O filme baseia-se num homem que protege com unhas e dentes um livro que pelo que se diz, consegue mudar a mentalidade das pessoas, uma arma mental poderosa, e esse mesmo homem, de nome Eli, com enorme fé, faz uma jornada incrível, acabando com todos que se metiam na frente dele. Após conhecer uma rapariga, e ter que entregar o livro a um vilão para salvar a vida da mesma, é revelado que o livro era todo ele escrito em braile, e Eli era nada mais nada menos, que um homem cego. Chocante, mas fascinante, pois com o passar dos anos, Eli sabia cada palavra que estava escrita no livro, e ele mesmo ditou-as, para ser impresso um outro livro. Muito bom o filme, recomendo, a companhia com que vi este filme, não poderia ter sido melhor!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


Ajoelhem-se perante o campeão nacional!

por Bruno Ferreira, em 09.05.10

 

Ainda em estado de euforia, é com grande prazer que vejo hoje, o meu Benfica festejar pela 32ª vez o título de campeão nacional! Apesar de todos os anti-benfiquistas, apesar de toda a azia, conseguimos chegar e com mérito a campeões. Agora é tempo para os adeptos do Benfica festejar pela noite dentro, e força Benfica, porque hoje somos CAMPEÕES!

Autoria e outros dados (tags, etc)


I ♥ Porto!

por Bruno Ferreira, em 01.05.10

 

Sabem o que é sentirmos que pertencemos a um lugar? Pois bem, hoje dia 1 de Maio, dia do trabalhador, fiquei ligado à cidade onde nasci, e só hoje senti isso. Hoje foi o culminar de uma luta por alguém que amo muito, mas vocês perguntam: o que é que isso tem a ver com o Porto? Tudo, foi aqui que passeamos juntos pela primeira vez, e foi aqui que pela primeira vez, pronto, não vou estar aqui a contar pormenores, só estou mesmo a escrever este post, porque senti necessidade disso, hoje foi um dos dias mais felizes da minha vida, e devo isso, a ela. É por isso, que o Porto vai ficar para sempre na minha memória, na nossa memória, nunca, mas nunca, me vou esquecer deste dia, mais uma vez, obrigado. Ah, e no título diz que eu amo o Porto, é verdade, mas não é a unica coisa que eu amo....

 

Ly Láu <3

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Twitter



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2012
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2011
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2010
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2009
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D